spacer
 

Notícias

Sicoob Transamazônica adere ao PDGC
 
11/10/2017
 

Com menos de dois anos de existência, a cooperativa Sicoob Transamazônica já planeja abranger todo o Sul do Pará e ampliar o número de cooperados para 2mil até o final de 2018, um projeto ousado de expansão que precisa ser acompanhado de boas práticas gerenciais. Em reunião ocorrida durante esta semana com o Sistema OCB/PA, a cooperativa aderiu ao Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas (PDGC). O Superintendente Júnior Serra apresentou as diretrizes do Programa e a diretoria aprovou a sua implementação. Participaram o presidente da cooperativa, Antônio Gripp, o Diretor Presidente Lucas Gelain e o Diretor Regional da Sicoob Central Unicoob, Elisberto Torrecillas.

 

O PDGC é um dos programas do Sistema OCB/PA voltados ao aprimoramento da autogestão das cooperativas. Seu objetivo principal é promover a adoção de boas práticas de gestão e de governança. Sua metodologia é pautada no Modelo de Excelência da Gestão® (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), que é um referencial utilizado para promover o aumento da competitividade das organizações. O Programa é aplicado em ciclos anuais, visando à melhoria contínua a cada ciclo de planejamento, execução, controle e aprendizado.

 

Para Lucas Gelain, a inclusão da cooperativa será determinante para o sucesso das metas estipuladas. “É um Programa dos mais conceituados do Brasil. O conselho aprovou por unanimidade e já iremos nos cadastrar para iniciar de imediato. Até o final do ano estará tudo certo. Já temos algumas plataformas de controle, promovidas pela Central Sicoob Unicoob, porém será um programa importante para estarmos alinhados com o SESCOOP e caminharmos juntos. Nosso planejamento estratégico será finalizado e apresentado para o conselho em novembro, já constando que participaremos do PDGC”.

 

A cooperativa possui agências em Pacajá e em Tucuruí. Em dezembro, será inaugurada a agência em Novo Repartimento. Dentro do plano de expansão para o ano que vem, serão abertas seis agencias em Anapú, Conceição do Araguaia, Quatro Bocas, Tailândia, Goianésia e Jacundá.  O objetivo da Sicoob Transamazônica nos próximos cinco anos é ter pelo menos 20 pontos de atendimento abertos para o mercado, se consolidando na região Sul. Ao final do projeto, a meta é estabelecer um raio de ação que abranja 54 municípios.

 

“O projeto de expansão é muito grande, por isso precisamos de parceiros como o Sistema OCB/PA. Com essas novas agências, teremos uma participação bem maior no crescimento do cooperativismo no Estado. A prosperidade de um país passa necessariamente por cooperativas. Os que a estimulam são os mais desenvolvidos e essa é nossa missão. Queremos desenvolver a cooperativa e as demais que estão em nosso entorno. Já temos algumas filiadas como as de transporte e do ramo agropecuário. Será um crescimento em conjunto”, reiterou Antônio Gripp.

 

A cooperativa trabalha com um portfólio completo de produtos e serviços financeiros. São mais de 100 produtos em expansão. Ela já foi constituída no regime de livre admissão dos associados, podendo associar qualquer pessoa física ou jurídica em qualquer segmento. A carteira é variada com linha de crédito rural, linha de credito pessoal, comercial, cartões, seguridade, previdência, produtos de investimento como poupança, capital social e RDC. São ofertados todos os serviços de um banco tradicional.

 

Na reunião com o Superintendente do Sistema OCB/PA, além de ter sido definida a participação da cooperativa no próximo ciclo do PDGC, a Sicoob Transamazônica também foi confirmada no FORMACRED, que é um programa articulado pelo SESCOOP Nacional voltado à formação exclusivamente de gestores atuantes em cooperativas de crédito. “Estamos tendo um grande apoio em treinamentos, viagens e cursos até para fora do país. Final do ano faremos mais um seminário com a diretoria e funcionários. É uma parceria fundamental para desenvolvermos nosso povo. Os conselhos, que são o motor da cooperativa, demonstraram a confiança no Sistema. Mesmo se tratando de uma cidade longe, bem distante da capital, a diretoria da OCB continua empenhada na realização dos programas até mesmo com sua presença física. A cooperativa está tendo resultado justamente por essas boas parcerias”, completou Antônio.

 

O Superintendente também representou o Sistema em programação promovida pelo Sistema Sicoob no Parque de Exposições de Pacajá, tendo o apoio do Sindicato dos Produtores Rurais do município. Foi um encontro de negócios que teve como pauta o cooperativismo financeiro, oportunidades e inclusão financeira. Participaram produtores, autoridades políticas, diretores de escolas e diretores de cooperativas. Na ocasião, o superintendente fez apresentação institucional do Sistema OCB/PA e das ações que está realizando. “Nos colocamos à disposição para auxiliar a cooperativa em tudo que pudermos na concretização de todos esses planos de negócios que, por certo, contribuirão para a transformação social de uma região carente de serviços bancários de qualidade e personalizados. Sem dúvida, o cooperativismo de crédito será determinante neste sentido”.

 
Link:
Fonte: Ascom Sistema OCB/PA - Wesley Santos
 
 
 

OCB/SESCOOP-PA
Av. João Paulo II, 515, Marco CEP: 66095-491, Belém – Pará
Fone: (091) 3226-5280/ 3226-4140 - Fax: (91) 3226-5014