spacer
 

Notícias

Unimed Belém investe em capacitação profissional
 
25/10/2017
 

Um dos fatores decisivos para a liderança regional da cooperativa Unimed Belém no segmento de saúde é o investimento na qualificação profissional. Durante os últimos dois meses, mais de 700 colaboradores das áreas de atendimento ao cliente e enfermagem concluíram o Programa de Desenvolvimento para Alta Performance, articulado pelo Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Pará (Sistema OCB/PA). O objetivo foi aprimorar as dinâmicas internas entre os setores de trabalho da cooperativa, proporcionando melhores resultados para os beneficiários da Unimed.

O Programa foi dividido em quatro módulos. O último ocorreu semana passada e tratou sobre dinâmicas sistêmicas. Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem receberam dinâmicas sobre gestão de conflitos no ambiente de trabalho e aprenderam a como lidar com as subjetividades. Greyce Kelli e Daniele Arantes foram as instrutoras contratadas. O objetivo principal foi reorganizar as posições das pessoas dentro da Unimed, que funciona como um sistema onde cada indivíduo tem uma atribuição. Tal importância corresponde ao desenvolvimento de todas as atividades da cooperativa. Para que tudo ocorra com eficiência, cada peça é indispensável e, por isso, todos devem estar cientes de suas responsabilidades.

“Acompanhamos o treinamento que utiliza ferramentas diversas, como linguagem neurolinguística. A intenção é trabalhar e valorizar o próprio ser humano, os colaboradores, que são uma das bases de sustentação da cooperativa. Mesmo com pensamentos divergentes, o processo dentro da organização precisa rodar, deixando o olhar pessoal e pensando no coletivo independentemente de qualquer interesse ou ideologia pessoal”, afirmou o gerente de desenvolvimento do Sistema OCB/PA, Vanderlande Rodrigues.

Ao longo do curso, ainda foram trabalhados os módulos Autoconhecimento, Comunicação Eficaz e Inteligência Emocional. De forma geral, o Programa foi organizado em três etapas: A construção do produto, avaliação dos participantes e a medição da efetividade na prática. Com essa avaliação de reação aplicada, se percebeu a importância do produto desenhado especificamente para a realidade da cooperativa. A avaliação teórica preliminar foi positiva, porém, ainda haverá outra avaliação sobre a efetividade das mudanças estruturais para melhoramento das atividades.

“Nenhum treinamento é eficaz se não vermos mudança na equipe, se não absorverem os conceitos no sentido de melhorar o atendimento ao cliente. O comportamento não muda de um dia para o outro. Por isso que o Programa foi realizado por alguns meses em quatro módulos. Fomos paulatinamente tocando nos assuntos de modo que pudéssemos ver a equipe coloca-los em prática. Já vemos bons resultados, com melhorias significativas no relacionamento interpessoal e no atendimento ao cliente.  Para a Unimed, todo esse processo não representou um custo. Na realidade, é um investimento feito no SESCOOP para que continue nos ajudando a aperfeiçoar o trabalhado realizado pela cooperativa. O reflexo é no atendimento aos nossos clientes”, afirmou a Gestora de Pessoas da Unimed Belém, Lene Ferreira.

A capacitação é um projeto piloto do Sistema OCB/PA que visa o autorreconhecimento. Foram realizados treinamentos com visitas de campo antecipadamente à execução dos cursos. Com isso, o Sistema OCB/PA percebeu as dificuldades que, de fato, os cooperados possuem, os conflitos que ocorrem internamente, a melhor forma de abordagem, os temas mais importantes e cruciais, como preparar o material do treinamento e seus assuntos. O objetivo foi aumentar a assertividade das capacitações na Unimed Belém, a primeira a implantar o projeto. “Houve uma dedicação muito grande, muito comprometimento, no sentido de colocar o que havíamos combinado, do que precisávamos de desenvolvimento da alta performance da nossa equipe. Tivemos um feed back bastante positivo com avaliações que chegaram até a 95% de satisfação. É um ponto que deve ser considerado”, completou Lene.

Na Unimed Belém, serão realizados um total de 82 cursos ao longo deste ano, como Gestão Financeira, Mediação de Conflitos, Recursos Humanos para Lideranças, Humanização no Atendimento ao Cliente, Qualidade aos Processos, Cursos voltados para o Cooperativismo, Dicas de Gramática para maior assertividade nos procedimentos internos, entre outros. A previsão é que a capacitação seja direcionada para quase todos os profissionais da Unimed Belém até 2018. Ainda serão realizados outros cursos concomitantes demandados pela própria Unimed Brasil. Dentro destes treinamentos, poderão surgir outras demandas nas fichas de avaliação. Com isso, o público de beneficiados poderá ser maior.

“A cooperativa é uma das maiores arrecadadoras para o SESCOOP. Por isso, a ideia é continuar fazendo a devolução do recurso em forma de capacitação e treinamento. Temos o MBA em Terapia Intensiva além de outros projetos como o Aprendiz Cooperativo e os programas sociais do Dia C. Em suma, atendemos nas três áreas do Sistema OCB/PA: formação profissional, monitoramento e promoção social. É importante casar as três áreas, tendo realmente capacitações com efetividade, pensadas e direcionadas. Com isso, buscamos a melhoria do desempenho, aumentando o número de clientes, contratando mais e, consequentemente, arrecadando mais para o sistema cooperativista”, afirma o presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol.

 
Link:
Fonte: Ascom Sistema OCB/PA - Wesley Santos
 
 
 

OCB/SESCOOP-PA
Av. João Paulo II, 515, Marco CEP: 66095-491, Belém – Pará
Fone: (091) 3226-5280/ 3226-4140 - Fax: (91) 3226-5014