Sicoob Unicoob promove palestra sobre exportação e câmbio

 

O Pará teve um crescimento de 30% nas exportações efetuadas em 2017, com destaque para a mineração e o agronegócio. O valor total de R$14, 4 bilhões de dólares nessas operações tende a crescer neste ano e as cooperativas de crédito do SICOOB estão se preparando para melhorar o acesso ao mercado. Com o tema Câmbio e Comércio Exterior, o evento é promovido pela Central Sicoob Unicoob com a finalidade de se discutir sobre a atual conjuntura econômica do Brasil, assim como as perspectivas para o comércio internacional. A programação, aberta ao público, ocorre no dia 07 de abril, a partir das 09h. Participam as cooperativas da região norte, deputados e autoridades que possam contribuir para o desenvolvimento da atividade no Estado. As inscrições seguem até a próxima quarta (04).

 

O evento faz parte de um Programa de Capacitações da Central iniciado em 2017 e que, mensalmente, promove um encontro com os diretores de negócios. São realizadas palestras e treinamentos que sejam estratégicos para os diretores melhorem o acesso e fornecimento das cooperativas filiadas ao SICOOB. Como Belém sedia a reunião em abril, a programação será aberta para sócios e não sócios interessados em aprofundar o conhecimento sobre o tema. O palestrante será o professor Doutor Juan Jensen, sócio da 4E. É Mestre e Doutor em Teoria Econômica pela USP, professor do Insper desde 1999 com mais de 16 anos de experiência em consultoria econômica.

 

Para a presidente da SICOOB Cooesa, Francisca Uchôa, a palestra é uma ótima oportunidade para ampliar o leque de serviços. “Estamos nos preparando para operar com a expertise de câmbio, iniciando as tratativas. Já estamos em negociação com um grupo de produtores que visam a exportação da castanha para oferecer esses serviços e o acompanhamento das transações. Neste sentido, os treinamentos serão muito úteis para ampliarmos a perspectiva de negócios da cooperativa”.

 

O agronegócio foi um dos responsáveis pelo aumento das exportações no Pará. Em 2017 o Estado registrou crescimento de 37,80%. O açaí ocupa o terceiro lugar na lista dos produtos do agronegócio mais exportados. A soja lidera o ranking e em seguida vem a carne bovina. A madeira paraense também voltou a conquistar espaço no exterior e obteve bons resultados. Mas o grande destaque foi o minério de ferro, responsável por 53% de tudo que foi exportado.

 

“Nossas cooperativas vivem um momento ímpar de expansão dos horizontes comerciais e a qualificação profissional é indispensável para obtermos resultados ainda melhores. Por isso, convocamos as cooperativas de todos os ramos para participarem da palestra, tirarem suas dúvidas e também estabelecerem intercooperação. Não existe outro caminho para crescer senão criando mecanismos de atualização de conhecimento e rede de negócios”, explica o presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol.

 

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.