OCB/PA fortalece cooperativas do Sudeste paraense

Os ramos agropecuário, transporte e produção, que constituem as principais atividades econômicas das cooperativas no Sudeste do Pará, tendem a se fortalecer a partir de ações articuladas pelo Sistema OCB/PA no município. Durante esta semana, o superintendente Júnior Serra está em Parauapebas tratando sobre demandas estratégicas, como a abertura do Escritório Regional em parceria com a Prefeitura através da Secretaria de Desenvolvimento (SEDEN). O objetivo é ampliar a área de atuação do Sistema.

 

A articulação da visita foi feita pela Conselheira de Administração da OCB/PA, Aldina Chaves, que atua no município. O principal objetivo foi apresentar o potencial cooperativista das singulares que mais geram emprego e renda na região, mas que estão fora do Sistema. De acordo com Aldina, pelo menos 80% das cooperativas não estão registradas. “Os cooperados receberam apoio do departamento de relação com a comunidade da VALE, que dá suporte financeiro e técnico. Com isso, conseguiram crescer sem a orientação da OCB/PA. A ideia é, após consolidar a relação institucional com a Prefeitura de Parauapebas e com a mineradora, trazer estes empreendimentos para a regularidade à medida que a gestão apoie apenas as que cumprirem a legislação cooperativista”.

 

Sistema OCB/PA e SEDEN firmam parceria em prol das cooperativas

 

Na segunda (28), o superintendente se reuniu com a Secretaria Municipal de Produção Rural (SEMPROR) para tratar sobre Termo de Cooperação Técnica. A iniciativa busca o fortalecimento das cooperativas do ramo AGRO a partir de ações conjuntas para fomento e profissionalização dos produtores. Na terça (29), Júnior conversou com líderes de cooperativas do ramo produção que atuam no setor de serralheria, movelaria, confecção, artesanato e alimentos. Foi feito o levantamento de demandas que subsidiará a construção de uma agenda positiva para a região a partir das necessidades apresentadas.

 

“É um município em franco crescimento alavancado pela mineração, a qual proporciona o desenvolvimento de diversas atividades. Como consequência, o espírito empreendedor do cooperativismo está cada vez mais em evidência e foi possível perceber isso pelo contato com as cooperativas, que apresentaram os seus principais anseios. Precisamos estreitar ainda mais esse contato”, enfatizou Júnior. 

 

Para atender a esta demanda de proximidade, o superintendente tratou com a equipe da SEDEN  sobre o convênio de participação do Sistema OCB/PA no projeto "Casa do Empreendedor de Parauapebas". Vários órgãos, instituições estaduais e municipais, que necessariamente são procurados durante o processo de abertura e fechamento de empresas, poderão ser encontrados no espaço. Parauapebas se tornará um ponto de referência do Sistema na microrregião, o que possibilitará um número maior de ações de monitoramento, promoção social e formação profissional a partir dos programas disponibilizados pela entidade. Singulares de outras cidades próximas também serão beneficiadas com a descentralização do Sistema OCB/PA, tais como Marabá, Eldorado dos Carajás, Curionópolis e Canaã dos Carajás.

 

 “Nestes 8 anos de mandato, tenho rodado o Estado e percebemos as regiões com maior potencial do segmento cooperativo, assim como os prefeitos interessados em fazer parceria conosco. Desde 2017 iniciamos as negociações com Parauapebas e, no início do ano, o Secretario Isaías Queiroz veio até nossa sede. Estamos bastante animados com essa possível conquista”, afirmou o presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol.

 

Na Programação de visita do superintendente, ainda houve reuniões com Técnicos do Conselho Municipal de Turismo para apresentação do potencial de Parauapebas e com o Banco da Amazônia. Na oportunidade, analisou-se a situação do financiamento da Central das Cooperativas de Transportes de Parauapebas. Na terça à noite, Júnior esteve com lideranças de cooperativas do ramo que não participam da Central.

 

Finalizando as ações no município, foi feita a definição de estratégias para o atendimento às cooperativas irregulares junto ao Sistema OCB/PA. Foi feita uma proposta de legalização e negociação de débitos atrasados. Antes de embarcar, o superintendente se reuniu no aeroporto de Carajás com Dirigentes da COOTAVIP para conhecer a cooperativa. A singular foi contratada pela INFRAERO para atender aos passageiros do aeroporto de Carajás.

 

“A visita foi muito positiva e a recepção das singulares superou nossas expectativas. Agora temos uma agenda de trabalho consistente para pelo menos quatro anos, parceiras sólidas e, o mais importante, convênios de compromisso com o município”, concluiu o superintendente.

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.