Colégio Batista conquista o primeiro lugar no Enem Santarém

 

 

 

Em 70 anos de existência, o Colégio Batista vem contribuindo na formação de crianças, adolescentes e jovens com a marca da excelência no ensino. O ranking das escolas particulares no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova disso. O Colégio, que é mantido pela Sociedade Cooperativa de Educação Sóstenes Pereira de Barros, conquistou a melhor média de notas do município na última edição da prova. Em relação às demais regiões do Pará, o Colégio figura na 21ª posição.

 

Os alunos alcançaram a média de 574,95 nas questões de ciências humanas; 565,91 nas de ciências da natureza; 558,65 nas de linguagens e códigos; 582,86 nas de matemática e 776,97 nas de redação. Um dos diferenciais da instituição é o forte investimento no ensino a partir de parcerias como o Sistema Positivo, de Curitiba, que fornece o material didático para o Ensino Fundamental. Já o Sistema de Ensino Equipe de Belém, que ocupa o primeiro lugar do Estado em aprovação no Enem e terceiro do Brasil, fornece o material didático do Ensino Médio.

 

“Estamos em um ano festivo especial e não há presente maior do que essa marca atingida pelos nossos alunos. Quero agradecer a cada um deles, os pais, professores, colaboradores, equipe pedagógica, amigos, ex-alunos e a todos que acreditam que os resultados alcançados vêm com esforço diário, empenho e compromisso no ensino e, acima de tudo, a certeza de que existe a seriedade em educar”, afirmou a presidente da cooperativa, Carlina Fialho.

 

Durante as sete décadas de sua existência, o Colégio se tornou tradicional no município na Educação Infantil, Ensino Fundamental 1 e 2, assim como Ensino Médio. É uma escola confessional, que mantém a filosofia cristã e evangélica, assim como os princípios do cooperativismo.

 

“É um orgulho imenso poder comemorar essa vitória da cooperativa, fruto de uma gestão que investiu em parcerias fortes em um momento de crise econômica enquanto muitas escolas fechavam. Esse é o espírito da cooperação e o motivo que mantém o Colégio firme ao longo de 70 anos. É uma marca para poucos. Estamos disponíveis para auxiliar a Sóstenes no sentido de manter o mesmo ritmo, priorizando sempre as boas práticas de gestão”, afirmou o presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol.

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.