Cooperture apresenta riquezas de Carajás

 

A subida na Pedra da Arpia dá uma visão privilegiada da Floresta Nacional de Carajás. Ao longe, se vê a extensa mata banhada de lagos sazonais que desenham formas de violão azul cercado de verde. Andando pela floresta, os silvos do capitão do mato escutados até a 1km de distancia ditam a trilha musical da caminhada. Todo esse esforço é recompensado pelas várias cachoeiras que jorram águas claras 24h por dia. Os tobogãs naturais divertem ainda mais essa aventura. O que poderia ser a visão do paraíso perdido descreve muito bem as belezas dos recursos naturais do Estado que podem ser encontrados a 130km do centro de Parauapebas, em uma das rotas turísticas da Cooperture.

 

A cooperativa trabalha com os serviços de Ecoturismo na região do Carajás. São feitas diversas rotas pela unidade de conservação (UC) explorada pela Vale do Rio Doce que abrange os municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás e Água Azul do Norte, no sul do estado do Pará. A região propicia passeios pelas grutas, savanas metalófitas, cavernas e lagoas. O lugar impressiona pela exuberância da fauna e da flora. De acordo com o guia turístico e cooperado, Luziano Carvalho, são mais de 700 aves catalogadas. “Acompanhamos constantemente pesquisadores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que estudam sobre as espécies da região. Levamos também muitos turistas da Europa. Pode-se passar uma semana inteira na floresta, pernoitando. A diversidade é muito grande”.

 

O passeio até a cachoeira de Águas Claras, por exemplo, é um dos destinos mais procurados. Inicia com saída da portaria de Parauapebas, segue pela trilha Lagoa da Mata, visita o mirante da Mina de N5 e savana metalófila, com passagens também por cavernas e grutas, até a chegada à cachoeira. O acesso deve ser feito sempre com a supervisão dos instrutores da Cooperture, que conta com 24 guias capacitados para realizar atividades ligadas ao ecoturismo na região da floresta.

 

A cooperativa recebeu concessão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para realizar a atividade na Floresta Nacional. Ela possui 411 mil hectares de extensão. Em 2014, 216 mil pessoas visitaram a floresta, de acordo com dados da Cooperture. Já é a sexta unidade de conservação mais visitada do país. “A cooperativa possui mais de 10 anos de atuação. Agora, passamos por uma fase de reestruturação a partir das parcerias com o ICMBio e do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Pará Sistema (OCB-PA), que influenciou diretamente no aperfeiçoamento dos nossos serviços. O número de visitantes prova que o trabalho está sendo feito com qualidade e esperamos que mais pessoas conheçam esse lugar maravilhoso, porém, pouco desvendado”, completa Luziano.

 

 

 

 

As reservas podem ser feitas pelas mídias sociais da cooperativa. O preço dos pacotes varia. O passeio custa R$ 200 para grupos de até 15 pessoas. “Dependendo do número de pessoas, fazemos o pacote de R$35 por pessoa. O valor máximo é R$ 50. Se pode escolher a rota de maior interesse ou nós mesmos sugerimos. Uma recomendação importante é levar sua agua, seu lanche e os trajes com calçado fechado, calça, camisa, protetor solar, boné e lanterna caso se queira entrar nas cavernas. Não é uma caminhada com longa duração, a maior parte do percurso é feita de carro, mas sempre é bom beber água para hidratar”, recomenda o guia turístico cooperado, Joracir Gricola.

 

Para o presidente do Sistema OCB-PA, Ernandes Raiol, o trabalho da cooperativa é uma ferramenta essencial de valorização e conservação do meio ambiente. “Se agrega o lazer com o bem-estar, assim como a valorização de práticas ambientais sustentáveis. Se divulga como devemos nos comportar dentro da mata, da trilha, sem deixar lixo ou interferir nas dinâmicas da natureza. Incrivelmente, a cooperativa recebe mais visitantes de fora do Estado do que da região. Há grande potencial turístico em Carajás e a intenção é que os moradores possam conhecê-lo. É preciso apreciar com mais orgulho essas riquezas que são nossas. Ter o contato visual e pessoal com a natureza é indescritível. É uma atividade excelente e próxima de todos nós, com um preço bem razoável”.

 

 


Serviço: As reservas podem ser feitas pela Fanpage “Cooperture Carajas”. Saída Às 08h da portaria da Flona Carajás. Duração: 04h Mais informações: (94) 3356-2263 / 98119-6912 / 99216-0362

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.