Instituto Sicoob premiará Projetos Educacionais Cooperativos

 

O estímulo à aprendizagem coletiva, plantação de hortas ou mesmo a coleta de resíduos em nascentes de rios são algumas das iniciativas do COOPERJOVEM que visam construir uma mentalidade de cooperação nos alunos paraenses com o ambiente em que vivem. As ações fazem parte dos Projetos Educacionais Cooperativos (PECs), desenvolvidos por escolas públicas de Santa Izabel e Castanhal como desdobramento do Cooperjovem. Uma comissão formada por membros do Instituto Sicoob e Sistema OCB/PA estão avaliando os melhores projetos a serem premiados no 3° Encontro Estadual do Programa, que ocorre na próxima quarta (31).

 

Na última semana, a Comissão Avaliadora do Prêmio criado pelo Instituto SICOOB se reuniu na Casa do Cooperativismo para a análise preliminar dos 10 projetos cadastrados. Compõem o grupo o gerente de desenvolvimento do Sistema OCB/PA, Vanderlande Rodrigues, a Superintendente do Instituto Sicoob, Vera almeida e a analista de Projetos do Instituto Sicoob, Amanda Esparano.

Os critérios utilizados na avaliação são: Construção coletiva, contextualização, continuidade e valores do cooperativismo “A partir desses parâmetros, avaliamos a participação de alunos e familiares para que o projeto tenha efetividade dentro da sociedade. A proposta é envolver todos os atores comunitários para a perpetuação do projeto. Na contextualização, avaliamos os motivos que levaram à situação problema, assim como os objetivos gerais e específicos que buscam atingir através do plano de ação”, explicou Vera Almeida.

 

Os projetos perpassam pela criação de hortas comunitárias, coletas de resíduos que prejudicam o meio ambiente, proteção de nascentes de rios e olhos d‘agua nas quais se acumulam lixo Além dos aspectos socioambientais, os projetos buscam transformar a realidade da violência em cultura de paz. Atualmente, 50 escolas de Santa Izabel e Castanhal são beneficiadas pelo Programa Cooperjovem nas quais estão envolvidos cerca de 100 professores atuando como agentes de transformação social e difusão do cooperativismo.

 

 

De Santa Izabel participam as escolas: João Possidonio, Joaquim Silva, Luiz Gonzaga Lucas de Sá, Santa Rita de Cássia, Tacajós, Irmã Albertina Leitão, Irmã Marlene Fonseca e João Paulo 2º. De Castanhal, participam: Maria de Nazaré Gomes Torres, Eronildes Farias de Carvalho. Ao longo desta semana, a comissão está visitando as escolas para avaliar a efetividade na prática dos projetos e os resultados que obteve.

 

O projeto vencedor receberá uma premiação no valor limite de até R$1mil, que será destinado para sua respectiva escola através de livre escolha na forma de equipamentos como notebook, impressora ou datashow. O resultado será apresentado no próximo dia 31 por ocasião do 3º encontro do Cooperjovem Estadual, que será em Castanhal no auditório do IFPA, a partir das 14h. Participarão cerca de 180 educadores, entre professores e gestores.

 

“O que chama a atenção nos projetos é a participação dos atores que estão envolvidos com a escola. Os professores entenderam a importância de abrir as portas para dialogarem com a comunidade sobre suas principais problemáticas e, desta forma, construir um projeto que atendesse a esses anseios. Assim, conseguimos mudar a mentalidade da comunidade e torná-la protagonista do seu destino, a grande responsável pela melhoria na qualidade de vida de todos”, explicou Vanderlande Rodrigues.

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.