SESCOOP/PA amplia turma de aprendizes

Sempre conectados com as tendências do mundo globalizado e com sede de aprendizagem, os jovens são uma boa opção para o mercado de trabalho. Cooperativas interessadas em formar profissionais com esse perfil terão a oportunidade de participar do Programa Aprendiz Cooperativo. O SESCOOP/PA está ampliando as turmas do Programa para atender um número maior de singulares que tenham interesse e precisem cumprir a legislação trabalhista de contratar aprendizes proporcionalmente ao número de empregados. Como as novas vagas serão abertas em abril, as cooperativas devem iniciar o processo seletivo antecipadamente.

O SESCOOP/PA arca com todos os custos da aprendizagem teórica, incluindo despesas como instrutor, material didático e espaço. Já a atribuição da cooperativa é apenas com a bolsa para ajuda de custos e demais benefícios, cujos valores são definidos pela própria cooperativa. Em caso de utilização de outro Centro Formador, tanto o custo com a aprendizagem teórica quanto a remuneração seriam integralmente das singulares.

A cooperativa é responsável pela divulgação da abertura de vagas e pelo processo seletivo. “Não nos envolvemos com a seleção. É a área de recursos humanos de cada cooperativa que define quem são os profissionais que melhor se encaixam com o perfil organizacional, de acordo com as suas necessidades. Após essa etapa é que nos envolvemos diretamente com a formação teórica dos aprendizes”, explicou a coordenadora do Programa no SESCOOP/PA, Rafaela Menezes.

A partir do termo de cooperação técnica com o CIIE, a entidade pode atender todas as regiões do Estado, capitando os jovens tanto de modo presencial nos polos descentralizados do CIEE, quanto via Educação à Distância (EAD) autorizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Na Região Metropolitana de Belém, o SESCOOP/PA conta atualmente com duas turmas e 50 aprendizes. A previsão é ampliar para 30 alunos em cada turma ou, se a demanda for maior, inaugurar uma nova turma. Duas cooperativas já manifestaram interesse em participar com pelo menos dois aprendizes: SICOOB Unidas e SICOOB Cooesa.

“De acordo com levantamento preliminar, identificamos que as singulares financeiras já possuem a necessidade de contratar. Fizemos o primeiro contato, apresentamos todo o material e estudo de necessidade dos aprendizes. As cooperativas estão abertas. Também estamos disponíveis para as demais que procurem maiores informações sobre todo o procedimento”, reiterou Rafaela Menezes.

O PROGRAMA

O SESCOOP-PA foi o pioneiro da região Norte a implantar o Aprendiz Cooperativo. O curso possui duração de 18 meses, com 500 horas práticas e 500 horas teóricas. No conteúdo programático são trabalhadas as disciplinas: Ética e Cidadania, Cooperativismo, Formação Humana e Científica, Introdução à Administração, Empreendedorismo, Comunicação e Linguagem, Matemática, Português, Informática e dois módulos específicos de Escritório, em que aprendem sobre todas as funções do auxiliar administrativo, e Mercado de Trabalho, que é um preparatório para entrevistas de emprego.

Atualmente, executam o Programa as cooperativas CAMTA, UNIMED Belém, COOPERNORTE, SICREDI Sudoeste MT/PA, SICREDI Noroeste, SICREDI Norte MT/PA, Unimed Sul e SICREDI Verde. Com a crescente contratação de empregados pelas cooperativas Coopernorte e Sicredi Verde, o SESCOOP/PA também implantará uma turma presencial em Paragominas a partir de fevereiro.

 

Texto: Wesley Santos

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.