Programa profissionaliza cooperativas de Transporte

Responsável por cerca de 25% do total de cooperativas no Estado, o ramo transporte receberá Programa desenvolvido pelo Sistema OCB/PA para o aprimoramento da gestão e profissionalização dos cooperados. O primeiro projeto é o Curso Itinerante “Transporte Coletivo de Passageiros”, que será realizado em quatro regiões e 9 municípios. Itaituba iniciou o ciclo de capacitações nesta segunda (12), seguindo até hoje.

 

O objetivo do Programa é aproximar ainda mais o Sistema OCB/PA das cooperativas de transporte, fazendo com que utilizem a entidade como um suporte para desenvolver o seu negócio. Será aprimorada a qualidade do atendimento, o processo de gestão das cooperativas, manutenção da identidade para alinhamento com as diretrizes da legislação e formação em cooperativismo para novos associados.

 

Em levantamento prévio feito com as singulares do ramo, identificou-se que uma das demandas emergenciais é a certificação dos cooperados no curso de Transporte Coletivo de Passageiros. A Diretoria da CENCOPA, representada por Valdemar Rodrigues,  Tarley Carvalho e Paulo Santos, foi quem suscitou a demanda e participará das ações nas cooperativas. A capacitação é obrigatória para os condutores e deve ser renovada a cada cinco anos. Todas as despesas serão custeadas pelo Sistema OCB/PA.

 

“É muito importante que nossas cooperativas participem. Como representante do ramo, estarei acompanhando o andamento das atividades e escutando as principais demandas dos cooperados. Tenho certeza que é um momento novo que se inicia com um transporte organizado, qualificado e competitivo”, enfatizou o representante do ramo transporte e presidente da CENCOPA, Valdemar Rodrigues.

 

Um dos grandes diferenciais é a dinâmica itinerante do projeto. Anteriormente, os condutores deveriam se deslocar para as cidades polo que possuem unidade do SEST SENAT, como Altamira, Santarém e Belém. O Sistema OCB/PA contratou Centro Formador que irá até o município para realizar a ação.

 

Além de Itaituba nos dias 12 e 13 de agosto, Altamira recebe a ação nos dias 15 e 16, Novo Repartimento nos dias 17 e 18, Tucuruí nos dias 19 e 20, Marabá nos dias 22 e 23, Xinguara nos dias 24 e 25 e Parauapebas entre 27 e 30 de agosto. Também estão programadas mais duas ações para setembro em Aurora do Pará e Dom Elizeu. A meta é capacitar aproximadamente 300 cooperados de 15 cooperativas com um total de 9 ações. 

 

Cerca de 65% das cooperativas de transporte do Estado operam com a condução coletiva de passageiros, o que demanda qualificação para um serviço eficiente e seguro. Tal necessidade foi regulamentada na resolução 168 do CONTRAN, através da qual o motorista é obrigado a ter o curso específico de condução.

 

Todas as cooperativas de transporte, seja alternativo ou intermunicipal, com capacidade superior a sete passageiros são obrigadas a participar. O profissional não habilitado com as informações na carteira de motorista, se for fiscalizado por qualquer órgão regulador, sofrerá multa por desenvolver a atividade sem ter o treinamento exigido por norma.

 

No conteúdo programático, são trabalhados quatro módulos com os temas: legislação de trânsito específica, direção defensiva, noções de primeiros socorros, respeito ao meio ambiente e convívio social e relacionamento interpessoal.

 

OUTEIRO
As cooperativas da região metropolitana também estão previstas no Programa de Profissionalização. Em Outeiro, está sendo elaborado um plano de viabilidade para o mapeamento das áreas a serem atendidas para alimentação rodoviária do BRT. Após o estudo técnico, será feito um plano de ações para apoio político com o objetivo de incluir as cooperativas na regulamentação do serviço.

 

“Projetamos um programa que pudesse alcançar as cooperativas como um todo, cujo objetivo era realmente nos aproximar ainda mais do ramo transporte. Conhecemos as principais demandas e é em cima delas que vamos trabalhar, de modo que as singulares mudem seu patamar de profissionalização e o segmento seja ainda mais reconhecido por sua expressividade”, afirmou o presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol.

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.