Ações da OCB/PA beneficiaram 5.820 em agosto

 

Apenas na área de formação profissional, foram atendidas 911 pessoas vinculadas às cooperativas paraenses. Um dos destaques foi a série de cursos voltados ao aperfeiçoamento das singulares de transporte na região sul e sudeste. No total, foram beneficiadas 5.820 pessoas de 156 grupos, tanto de cooperativa quanto de interessados em constituição. Foram 66 ações realizadas em 25 municípios paraenses.

 

O ciclo de capacitações das cooperativas de transporte atendeu cooperados de Itaituba, Marabá, Parauapebas, Tucuruí, Altamira, Novo Repartimento e Xinguara, com a parceria da diretoria da CENCOPA. O curso alternou aulas teóricas e práticas para aprimorar as técnicas de atendimento e transporte de passageiros. Tudo isso para garantir um serviço de qualidade para a região. No total, a formação profissional teve 25 ações com 911 beneficiados de 52 cooperativas.

 

Na área de representação política, foram realizadas sete ações. A principal conquista foi a aprovação unânime dos parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado (ALEPA) referente a projeto de resolução que retomou a FRENCOOP. Como geram efeitos positivos para todas as cooperativas, o balanço do Sistema OCB/PA considera a totalidade de 93 mil beneficiados das 215 singulares registradas. No entanto, o número não entrou na contagem geral do total de beneficiados e de cooperativas atendidas.

 

“Nossa parceria com a deputada estadual Nilse Pinheiro tem gerado bons resultados. O projeto foi enviado para apreciação da presidência da casa e para as comissões de constituição e justiça e a de finanças, tendo reconhecimento unânime da sua relevância para a economia do Pará. A Instalação efetiva da Frente ocorre no próximo dia 20 com a definição e apresentação dos deputados que irão compor a FRENCOOP”, reiterou o presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol.

 

Outro eixo relevante de atuação junto às cooperativas foram as ações de fomento, que buscam promover a abertura de mercado para as cooperativas. Foram beneficiadas 3.973 de 62 cooperativas, com ênfase especial nas do ramo agropecuário. A oficina de compras públicas em parceria com a GIZ, por exemplo, orientou os profissionais que atuam nos processos de elaboração de chamadas e licitações.

 

A área de assessoria jurídica teve 2 atendimentos que beneficiaram 196 pessoas de 4 cooperativas. Já o Programa de Orientação Cooperativista (POC)   teve sete ações que beneficiaram 140 pessoas de grupos interessados em constituir cooperativas no Acará, em Belém, Ilha do Combu e Marabá.

 

Já no eixo de monitoramento das cooperativas, foram feitos 16 atendimentos que beneficiaram 550 cooperados de 30 singulares. Entre as principais ações, fez-se o levantamento das necessidades das cooperativas relacionadas à formação profissional. O Sistema OCB/PA fechou a grade de capacitações até novembro.

 

“Finalizado o primeiro semestre, reavaliamos nosso planejamento estratégico para identificar as metas alcançadas e o que precisava ser ajustado a fim de atingirmos o que havia sido proposto. Mantivemos a porcentagem de 65% do recurso na área fim, ampliamos a equipe da gerência de desenvolvimento de cooperativas e definimos o cronograma do segundo semestre para melhor atendermos as cooperativas”, explicou o superintendente do Sistema OCB/PA, Júnior Serra.

 

Veja o documento na íntegra: https://bit.ly/2lWXi2T

 

Shadow
Slider
SISTEMA OCB/PA © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.